O que é o relatório

A primeira edição do Relatório da Cooperação Sul-Sul na Ibero-América em 2007 foi impulsionada pela Secretaria Geral Ibero-americana (SEGIB), o Programa Ibero-americano para o Fortalecimento da Cooperação Sul-Sul (PIFCSS) e as Agências e/ou Direções Gerais de Cooperação dos 22 países ibero-americanos. Este relatório está há sete anos sendo elaborado a partir dos dados fornecidos pelos próprios Governos.

Sob um marco conceitual comum, desenhado e consensuado por todos, o Relatório processa os dados recebidos e explica, a partir destes dados, qual é o estado da Cooperação Sul-Sul na região. De fato, a elaboração de cada Relatório permite aos países compartilhar informação, bem como realizar um exercício intergovernamental de debate e reflexão sobre o conceito, as modalidades e os princípios da Cooperação Sul-Sul, sua prática e sua medição, entre outros.

Fruto deste trabalho conjunto, o Relatório se consolida como uma ferramenta útil para os países ibero-americanos. Seu conteúdo permite melhorar o desenho das estratégias e a gestão desta modalidade de cooperação, além de facilitar a transparência interna e a prestação de contas para a cidadania.

Transformado, a sua vez, em referência para as tarefas de Cooperação Sul-Sul de outras regiões em desenvolvimento, o Relatório tem como desafio avançar metodologicamente e seguir contribuindo para visibilizar e administrar melhor esta cooperação.

que es el informe

Instituições ligadas ao PIFCSS

  • Andorra
  • Argentina
  • Bolivia
  • Brasil
  • Chile
  • Colombia
  • Colombia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • Ecuador
  • El salvador
  • Espana
  • Guatemala
  • Honduras
  • Mexico
  • Nicaragua
  • Panama
  • Paraguay
  • Paraguay
  • Peru
  • Portugal
  • Mepyd Dom
  • Uruguay
Datos de acceso: